catolicoresp

Apenas defendendo minha fé, e cético em relação aos ateus

Archive for maio 6th, 2011

Mente Aberta Vs Mente Vazia

with 13 comments

Ir para [Página Inicial]

Nos últimos dias vi algumas pessoas com essa clara confusão entre mente aberta e mente vazia. O costume é que se diga que “tem a mente aberta” e por isso “não escolhe nenhuma religião”. É necessário tomar cuidado com essa idéia. Por exemplo:  Tenho mente aberta, ouço novas idéias e as avalio, refutando ou concordando com elas, de acordo com o que me parecer mais correto.

O problema é que, atualmente, a maioria das pessoas tem uma mentalidade de ter a mente vazia. O exemplo mais simples é o agnóstico que diz que “nem tenta falar ou procurar sobre religião, porque ele nunca vai saber a verdade”. Em geral esses agnósticos dizem, também, que tem a “mente aberta para novas idéias”. Porém, percebam que a primeira frase torna um problema. Não se pode confundir mente aberta com mente vazia, vamos tentar dar uma definição:

  • Mente aberta: Pessoa que escuta novas idéias e as avalia, optando por recusar ou concordar com a idéia de acordo com o que lhe foi apresentado.
  • Mente vazia: Pessoa que escuta novas idéias, mas não reflete sobre elas. Simplesmente diz: “ok”, e segue a vida como se nada tivesse acontecido.

Foi, de fato, uma forma bem generalizada de explicar, mas creio que não tenha sido insuficiente(caso alguém ache, basta deixar um comentário que tento falar melhor sobre isso). Em geral, ao chegar no âmbito da religião, temos algumas frases comuns:

(A) “Não importa qual religião é a correta porque não faz a mínima diferença para a minha vida.”

(B) “Não tem como saber se algo é verdade.”

(C) “Nenhuma das religiões me convenceu de ser a verdadeira logo de primeira!”

Vamos avaliar cada uma das afirmações(cuidado com a “B”, pois nem todo Agnóstico tem a Mente Vazia, alguns apenas ainda estão em dúvida mesmo, o que é perfeitamente normal… falo disso mais pra frente no post).

(A) “Não importa qual religião é a correta porque não faz a mínima diferença para a minha vida.”

Essa postura é um tanto problemática, pois a pessoa rejeita a idéia sabendo que tem a mente vazia. Ele simplesmente não quer saber, pois acha que não fará diferença. Agora vamos ter atenção ao que é dito. Será verdade que não faz diferença qual é a religião verdadeira?

Para avaliar isso, vamos supor que uma das duas religiões que domino melhor(dessa forma as chances de ocorrer um erro conceitual é menor) são verdadeiras, sendo elas o Ateísmo e o Catolicismo.

Bom, se o Ateísmo é correto, então temos algumas implicações: Em primeiro lugar, é completa perda de tempo frequentar qualquer tipo de culto religioso, porém não há problema nenhum se você o fizer(afinal, o tempo é seu). Obedecer as leis morais é completa estupidez, pois elas só existem na nossa imaginação(se essa argumentação estiver correta; Caso discordem comentem aqui) e coisas como, por exemplo, o roubo(se não formos descobertos) são vantajosos a nós, pois pouco importa o outro.

Já se o Catolicismo é certo então nós precisamos ir a cultos religiosos e precisamos seguir a Lei Moral. Sendo avisados da existência dessa moral, e da existência de Deus, se o recusamos então estamos escolhendo, por pura vontade, sair da graça de Deus, optando não ir para o Paraíso.

Bom, só de fazer a avaliação dessas suposições já se torna evidente que faz uma tremenda diferença para a sua vida qual religião é correta. Ou seja, essa discussão não é simplesmente a mais importante das discussões, pois ela define quase todos os seus atos no dia a dia. Em geral, quando confrontados com isso, os agnósticos que adotam essa postura(como eu disse, nem todo agnóstico tem essa postura) partem para o (B)…

(B) “Não tem como saber se nada é verdade”

Particularmente, já vejo essa afirmação como completa covardia. Pra mim, isso é simplesmente o medo do assunto, medo de ter que assumir uma postura nova, de ter que, por exemplo, adotar o catolicismo e seguir sua Moral porque se convenceu de que o catolicismo é correto. Ou então ter que assumir uma postura Budista porque acha que é a religião correta. Ou qualquer outra religião.

Não estou dizendo que conseguiremos chegar a ter certeza de qual religião é certa, estou falando de acharmos qual é mais provável de ser certa. Como eu já disse, não condeno o agnosticismo porque ele é normal: Porque não podemos estar em dúvida, procurando uma resposta? Eu só tenho problema com a postura de nem querer saber de simplesmente o assunto mais importante pra decidirmos como viver a vida.

Partir do princípio que você “nunca poderá saber” de algo é sempre um problema. Principalmente porque, ao afirmar que “não tem como saber se nada é verdade” você está afirmando que essa frase é verdade. Portanto, você está se contradizendo totalmente. É uma idéia falsa em si mesma e, portanto, deve ser recusada.

(C) “Nenhuma das religiões me convenceu ser a verdadeira logo de primeira”

Essa aqui é no mínimo risível. Em geral se você perguntar se a pessoa já ouviu argumentos, ela dirá que sim(mesmo que não tenha ouvido). Aí você pensa: “Ótimo, ela se interessa pelo assunto”, e pergunta se vocês podem conversar sobre o assunto. Qual é a resposta? “Não!”, seguida da letra “A” ou “B”. O convencimento da pessoa não precisa ser imediato. Na verdade, raramente ele vai ser imediato!

Portanto, dizer que não foi convencido ainda não é bom argumento para evitar uma discussão(embora seja um excelente motivo para assegurar-se no Agnosticismo.

Nota:

Algumas pessoas podem ter ficado com a impressão(completamente errada) que sou completamente contra o Agnosticismo e que considero isso covardia. Essas pessoas me entenderam completamente errado.

O Agnosticismo em si não é um problema. O problema é o conformismo com essa situação, é não tentar descobrir. Você não ter decidido ainda sobre o que é mais provável é natural, tal como nos sentimos em dúvidas sobre escolhas na vida em geral. O que não aguento é gente que fica parada simplesmente porque “não acha importante”. Porque não manter um bom debate, ouvir os diversos lados e decidir o que lhe parece mais provável? Lembrem-se: Seja o ateísmo ou o cristianismo o correto, essa decisão é fundamental na tomada de escolhas na nossa vida.

Anúncios

Written by catolicoresp

06/05/2011 at 19:37

Publicado em Outros

Tagged with , , , ,