catolicoresp

Apenas defendendo minha fé, e cético em relação aos ateus

Técnica: Desafio Divino

with 4 comments

Ir para [Índice de Técnicas/Truques Lógicos] – [Página Inicial]

Apresento hoje uma técnica já bastante conhecida: O Desafio Divino. Ela consiste em exigir algo de Deus e se Deus não agir, então Ele não existe. Para dar um exemplo mais concreto: O neo-ateu está com fome e, então, vira e diz: “Se Deus existir, Ele vai fazer uma pizza aparecer na minha frente agora!”. Vendo que a pizza não aparece, o neo-ateu quase surta(nunca entendi o porque disso) e chega à conclusão de que Deus não existe(ou a probabilidade de Deus existir é baixa).

Agora o erro aqui é bastante simples: O neo-ateu quer colocar Deus como o servo pessoal dele, que faz o que o neo-ateu bem deseja e quando ele deseja. A primeira pergunta é: O neo-ateu realmente se considera superior a Deus? O neo-ateu realmente crê que está em condições de mandar em um ser Onipotente, Onisciente e dono de tudo? Como falei, o erro é simples! O neo-ateu simplesmente inverte a relação de serventia tradicional no Teísmo/Catolicismo.

Ao observar um Teísta tradicional, ele terá plena consciência de que Deus é superior e nós somos seus servos, e não o contrário. Dessa forma, fica bastante simples perceber que Deus não está sujeito aos nossos caprichos, e nem aos caprichos de um neo-ateu qualquer. O neo-ateu é(ou deveria ser) servo de Deus, e não o contrário. Deus é superior ao neo-ateu(e a qualquer outro homem), então não tem sentido fazer uma exigência a Deus, e faz ainda menos sentido esperar que Deus obedeça a exigência dele.

Bastaria, então, que Deus decidisse, por seus motivos, que não queria realizar o pedido do neo-ateu. Assim sendo, a não-obediência de Deus significa que… Deus não obedeceu. E nada além disso. Pode ser que Deus não queira fazê-lo porque irá prejudicar o neo-ateu ao invés de ajudá-lo, porque interferiria no livre-arbítrio do neo-ateu, ou por um outro motivo qualquer que desconhecemos, mas uma coisa é fato: Deus pode, se quiser, desobedecer qualquer homem que lhe faça uma exigência.

Fiquei tentando pensar em um exemplo por mim mesmo, mas simplesmente não consegui pensar em algum bom o suficiente, dessa forma usarei o do Snowball, nesse post(que, inclusive, leva o mesmo nome que o meu):

Vamos ilustrar com um caso banal: imagine que existam dois coleguinhas de uns oito anos em um parquinho. Um deles não aceita de jeito nenhum que o outro acredite que têm um pai está vivo. Aí, para resolver a questão, ele diz: “Se seu pai existe, que ele venha aqui me dar uma surra então! Se ele é adulto, ele deve ser forte o bastante para isso! E aí, será que ele vai conseguir?”

Mas é claro que o pai teria razões morais suficientes para não aceitar esse desafio estúpido. Possivelmente ainda iria desprezá-lo por completo, por ser algo completamente imaturo.

Com esse exemplo, percebe-se claramente que Deus, assim como o pai da situação, pode ter suas razões para não aceitar o desafio.

Conclusão:

Essa técnica só pode vir de alguém bastante ingênuo ou desonesto. Ou é ingênua a ponto de não entender que Deus é superior ao homem, ou é desonesto a ponto de simplesmente fingir que esse fato não existe. No fim das contas, a solução é bastante simples em ambos os casos: Lembre o neo-ateu da hierarquia que coloca Deus como superior ao homem, e não o contrário. Assim, a técnica é derrubada facilmente.

Anúncios

Written by catolicoresp

12/08/2011 às 15:54

Publicado em Técnica

Tagged with , , , ,

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Eu nunca vi pessoalmente o presidente da empresa em que eu trabalho, portanto ele não existe. Se ele existisse, apareceria agora aqui na minha sala e me daria um aumento!

    criticareligiosa

    12/08/2011 at 17:32

  2. Essa técnica foi utilizada por Daniel Sottomaior na maior cara de pau em transmissão televisiva.

    Marcos Ludwig

    12/08/2011 at 18:12


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: