catolicoresp

Apenas defendendo minha fé, e cético em relação aos ateus

Archive for the ‘Igreja Católica’ Category

Governo Dilma e o Aborto no Brasil

leave a comment »

Bom, já é de conhecimento de várias pessoas que o PT tem, em suas diretrizes, o compromisso de legalizar o aborto no Brasil. Contudo, agora o que o Governo Federal pretende fazer é simplesmente pular o Congresso Nacional e fazer a recomendação dos abortos(ou seja, apologia ao crime) nos Hospitais do SUS.

Não vou me alongar mais sobre isso, pois o Pe. Paulo Ricardo explica o que é necessário no vídeo a seguir.

O documento ao qual o Pe. Paulo se refere pode ser encontrado aqui. Não podemos deixar que tal crime seja legalizado no nosso país! Vamos à luta.

Outros posts sobre o aborto:

Aborto e as incoerentes razões para legalizá-lo

Aborto:  O assassinato

Anúncios

Written by catolicoresp

29/06/2012 at 13:00

Aborto: O assassinato

with 8 comments

Ir para [Igreja Católica] – [Página Inicial]

A maioria das pessoas entende que a Igreja Católica é contra o aborto. Mas nem todas compreendem o motivo.

Em primeiro lugar, eu gostaria de lembrar do meu post sobre Células Tronco(CT), pois ele já nos dá algumas informações importantes nesse tema. Da mesma forma que na pesquisa de Células Tronco Embrionárias, na qual o problema é o assassinato de embriões, o problema no aborto é o assassinato do feto.

As objeções mais comuns feitas, na tentativa de defender o assassinato, são essas:

(A) A mãe não vai poder sustentar a criança.

(B) A mãe tem direito sobre seu próprio corpo.

(C) O feto ainda não é um ser vivo.

Vamos avaliar as objeções.

(A) A mãe não vai poder sustentar a criança.

Essa objeção é extremamente falha, principalmente em 2 pontos:

1) A mãe não precisa sustentar a criança. Ela pode mandar o bebê para um orfanato.

2) Por acaso a não-sustentação de alguém justifica um assassinato? De modo algum. Duvido que os defensores dessa tese achem que devemos matar os moradores de rua porque eles passam fome e mal se sustentam. Porém, um interesse individual faz com que eles vejam a opção do assassinato como algo interessante e válido.

(B) A mãe tem direito sobre seu próprio corpo.

Concordo com essa afirmação. De fato, a mãe tem direito sobre seu próprio corpo. O corpo ao qual ela não tem direito é o da criança que está em desenvolvimento em seu útero, que não deveria ser assassinada simplesmente porque “a mãe tem direito sobre o seu próprio corpo”.

(C) O feto ainda não é um ser vivo.

Fico me perguntando o motivo que leva as pessoas a acreditarem nisso. A linha de raciocínio para a refutação dessa afirmação é o mesmo que foi usado na Pesquisa de Células Tronco Embrionárias, quando se afirma que “um embrião não é um ser vivo”. Dessa forma, vou simplesmente copiar o texto que coloquei lá:

“Aqui já temos um problema, pois não há motivo nenhum para acreditar nisso. Alguns dizem que o embrião está num caso de morte cerebral, tal como outros mortos. Se ele te disser isso, a resposta é simples: “Oras, coloque o embrião no local adequado e ele irá se desenvolver. Agora vejamos se o morto irá voltar a vida”.

Você pode, também, perguntar à pessoa que está discutindo contigo o conceito de vida dele. Provavelmente, ele vai apresentar um conceito de vida como o dessa pergunta, aí é só seguir a linha de raciocínio que expus lá. Também vale comparar com outro ser vivo, se ele disser algo do tipo: “Ele não come!”, basta fazer a comparação com uma planta: Ela também não come. Aí ele deve dizer: “Ah! Mas ela obtém seu próprio alimento, o embrião não”… Porém, há animais que usam outros para obter seu alimento(parasitas), nem por isso você os considera mortos.”

Essas observações devem bastar para refutar essa idéia.

Conclusão:

Tal como na pesquisa em CT Embrionárias, o aborto consiste em um assassinato de um indivíduo completamente indefeso. Em defesa da vida, a Igreja se opõe ao aborto.

Written by catolicoresp

20/05/2011 at 15:14

Publicado em Aborto, Igreja Católica

Tagged with , ,

Religião: Causa do atraso do mundo?

with 5 comments

Ir para [Índice de Técnicas/Truques Lógicos] – [Igreja Católica] – [Página Inicial]

Devido a uma semana cheia, não pude fazer nenhum post. Por isso, deixo aqui um vídeo interessante sobre a Religião e o atraso do mundo, técnica bastante usada por neo-ateus.

Naturalmente, não concordo com tudo o que o Leonardo fala, mas o vídeo já demonstra como as idéias de “Religião Vs Ciência” e “Religião é o atraso do mundo” são falsas. A Religião é, de fato, a desenvolvedora da ciência, e qualquer um que negue isso está mentindo claramente, conforme é evidenciado no vídeo.

Espero que gostem do vídeo e ao longo dessa semana devo voltar a moderar o blog normalmente, deixando os meus posts.

Aproveito para pedir que deixem suas sugestões de temas a discutir no blog, pois saber sobre o que os leitores gostam ajuda a fazer um blog mais interessante e variado. Deixem suas sugestões de temas aqui, e irei atendê-los na medida do possível.

Written by catolicoresp

15/05/2011 at 18:55

Publicado em Igreja Católica, Vídeo

Tagged with , , , ,

Pesquisa em Células Tronco: Porque não?

with 12 comments

Ir para [Igreja Católica] – [FAQ] – [Página Inicial]

Muitas pessoas se perguntam sobre o motivo da Igreja Católica ser contra a pesquisa de células tronco. Em geral, podemos ouvir diversas pessoas dizendo coisas como: “Ah, essa pesquisa podia fazer várias pessoas deixarem seu sofrimento de paralíticas, doentes mentais, etc”.

O primeiro ponto a se entender, é que a Igreja não é contra a Pesquisa de Células Tronco em si. A Igreja é contra a pesquisa em Células Tronco Embrionárias, ou seja, um tipo de células tronco(Ver os tipos na Wikipédia um resumo) e não representam a totalidade das pesquisas. Agora, vamos ao motivo.

A Igreja se opõe a essa pesquisa porque há o assassinato de embriões para que essa pesquisa possa ocorrer. Os embriões usados em tais pesquisas, obviamente, não se desenvolvem. Esse é o grande motivo: A Igreja não é contra a pesquisa de células tronco… A Igreja é contra o assassinato em série ocorrido por causa da pesquisa.

Alguns gostam de responder coisas do tipo:

(A) O embrião não é vivo!

(B) Porque não tirar o doente de seu sofrimento?

Vou comentar sobre esses dois pontos que são os  mais ouvidos por mim.

(A) O embrão não é vivo!

Aqui já temos um problema, pois não há motivo nenhum para acreditar nisso. Alguns dizem que o embrião está num caso de morte cerebral, tal como outros mortos. Se ele te disser isso, a resposta é simples: “Oras, coloque o embrião no local adequado e ele irá se desenvolver. Agora vejamos se o morto irá voltar a vida”.

Você pode, também, perguntar à pessoa que está discutindo contigo o conceito de vida dele. Provavelmente, ele vai apresentar um conceito de vida como o dessa pergunta, aí é só seguir a linha de raciocínio que expus lá. Também vale comparar com outro ser vivo, se ele disser algo do tipo: “Ele não come!”, basta fazer a comparação com uma planta: Ela também não come. Aí ele deve dizer: “Ah! Mas ela obtém seu próprio alimento, o embrião não”… Porém, há animais que usam outros para obter seu alimento(parasitas), nem por isso você os considera mortos.

(B) Porque não tirar o doente de seu sofrimento?

Essa vai pro apelo emocional, e pode vir algo do tipo: “A Igreja é imoral! Ela gosta de perpetuar o sofrimento das pessoas”. Obviamente, isso é uma mentira para qualquer um que conheça a Igreja Católica direito.

Basta falar ao nosso colega que o embrião é um ser vivo e não deve ser assassinado para resolver o sofrimento de outra pessoa. Se alguém for muito chato e estiver te irritando, você ganha o direito de matá-lo por isso? De modo algum. Você está com câncer no fígado, você pode matar uma pessoa com um fígado compatível ao seu para resolver teu problema? Também não. Porque haveria de ser diferente com o embrião?

Conclusão

O grande problema não é a pesquisa em si, e sim o assassinato em massa promovido por tal pesquisa. Dessa forma, a pesquisa vai de encontro direto com a defesa da vida, o bem maior defendido pela Igreja.

Written by catolicoresp

17/04/2011 at 22:07