catolicoresp

Apenas defendendo minha fé, e cético em relação aos ateus

Posts Tagged ‘Bíblia

Técnica: Bíblia não cita bactérias

with 13 comments

Ir para [Índice de Técnicas/Truques Lógicos] – [Página Inicial]

A técnica apresentada nesse post foi usada contra mim por alguns neo-ateus, e a dificuldade de refutá-la não baseia-se na dificuldade ou na força do argumento apresentado, mas na irrealidade deles. O argumento é tão estranho e esquisito que você chega a se perder de tão absurda que é a idéia. Agora vamos explicar no que essa técnica consiste.

Ela costuma ocorrer quando há algum debate acerca da Bíblia, mas também pode ser usada para desviar do foco do debate. Creio eu que o próprio neo-ateu que utiliza essa técnica tem consciência de que ela é ruim, pois até onde me apresentaram ela só foi usada para desviar o assunto. O que, então, faz o neo-ateu para apresentar a técnica? Ele simplesmente diz algo desse tipo:

  • NEO-ATEU: Como assim?! Seu livrinho sagrado não cita nenhuma vez as bactérias! Se Deus é onisciente, e a Bíblia é inspirada por Ele, então as bactérias deveriam ser citadas!

Percebe o quão irreal é a sugestão? Vamos destacar alguns pontos para refutar a técnica:

(A) Inerrância Bíblica.

(B) A Bíblia não é um livro científico.

(C) Deus precisa falar tudo o que Ele sabe?

(A) Inerrância Bíblica

Mais uma vez, os neo-ateus tentam embasar-se  na Inerrância Bíblica, já explicada nesse post. Na verdade, embasam-se muito mal nela por sinal, já que a não citação de bactérias não seria exatamente um erro na Bíblia.

(B) A Bíblia não é um livro científico.

E isso é,  inclusive, um problema sério quando se debate com neo-ateus. Por algum motivo eles esperam que a Bíblia contenha as verdades da Ciência, como se esse fosse o objetivo do livro! A Bíblia é, na verdade, um livro para tratar da existência de Deus, nos mostra a sua Palavra, e nem tudo que está escrito lá tem necessariamente um sentido literal(o Gênesis, por exemplo), e chega a ser uma tolice ficar tentando retirar verdades científicas da Bíblia.

Dessa forma, porque alguns neo-ateus esperam a citação de bactérias na Bíblia? Simplesmente por não haver a impossibilidade de tal citação? Ou seja, eles também esperavam a Teoria do Big-Bang, átomos e talvez até quantos passos Hitler deu na vida dele. De fato, nada impedia que Deus dissesse cada uma dessas coisas por meio da Bíblia, mas porque Ele faria isso?

(C) Deus precisa falar tudo o que Ele sabe?

Resta, então, ao neo-ateu, uma única opção: Dizer que Deus deveria ter informado tudo na Bíblia para ajudar o avanço da Ciência! Ou seja, eles queriam que Deus dissesse, na Bíblia, tudo o que Ele sabe? Eles esperam que haja um livro que conte todas as coisas que um ser onisciente sabe? Acho um tanto desnecessário dizer que isso resultaria num livro um tanto enorme. Além disso, se esses neo-ateus realmente acreditam que Deus deveria ter dito tudo o que Ele sabia, pois então que apresentem a prova de que isso era necessário, ou não se passa de uma crença totalmente infundada.

Na verdade, há até um motivo que, creio eu, faria com que Deus não citasse as bactérias. Pense o seguinte: Você é um homem que viveu antes de Cristo. Do nada aparece um pregador e lhe diz que há seres microscópicos que são os causadores da Ciência, e quem disse isso a ele foi Deus, um ser onisciente. O que você faria? Eu olharia para esse cara e chamaria ele de maluco, honestamente. Ou seja, além de Deus não passar a mensagem desejada, Ele ainda teria feito com que as pessoas se afastassem Dele e de seus pregadores. E não é bem isso que Ele deseja.

Pense o seguinte: Você recebe de presente um livro de culinária que estava pedindo aos amigos. Você espera que haja verdades sobre a Física nesse livro? Ou então recebe um livro de Biologia e espera encontrar conselhos amorosos nele? Nem de longe. Porque então pedir que hajam verdades científicas em um livro que chegou para falar sobre Deus e moralidade? Não faz muito sentido.

Conclusão:

Sendo uma técnica bastante boba, ela provavelmente será utilizada para desviar o foco da conversa: Não deixe que isso ocorra e desmascare a fraude por trás dela. Basta lembrar-se: A Bíblia é um livro de revelação de Deus e de sua moralidade, não da Ciência. Não há, então um motivo sensato para fazer a exigência de citações às bactérias na Bíblia.

Anúncios

Written by catolicoresp

02/08/2011 at 17:05

Publicado em Técnica

Tagged with , ,

Técnica: Teoria da Evolução refuta Deus(ou a Bíblia)

with 18 comments

Ir para [Índice de Técnicas/Truques Lógicos] – [Página Inicial]

Não é raro aparecer alguém pra dizer que a Teoria da Evolução prova que Deus não existe, ou que a Bíblia está errada.

Em geral o neo-ateu virá, inclusive, caçoando. Mais ou menos dessa forma:

  • NEO-ATEU: Ah, não acredito que você consegue ser tão burro! Você realmente acredita que o mundo tem 6.000 anos e no Criacionismo, conforme a Bíblia afirma? Deixe de ser idiota, ceguinho.
Temos alguns pontos a destacar demonstrando a série de erros por trás dessa técnica:
1) Teoria da Evolução: Um fato?

A Teoria da Evolução não deve ser tomada como um fato, e sim como uma Teoria. De fato, há evidências fortes a favor da Teoria da Evolução, mas ela apresenta diversas falhas, fazendo com que ela não seja necessariamente verdadeira. A microevolução(mudanças menores dentro de uma mesma espécie) está bem comprovada, mas a macroevolução(mudança de espécie para espécie) não está tão bem comprovada quanto se desejaria, fazendo com que a Teoria da Evolução não seja um fato, mas uma teoria. Quero frisar aqui que não sou contra a Teoria de Darwin, sou a favor da Teoria da Evolução, acredito no Design Inteligente. Só quero que as pessoas não se ceguem a ponto de achar que o Darwinismo é um fato já comprovado, pois não é.

2) Inerrância Bíblica

Como o próprio nome já informa, a Inerrância Bíblica afirma que a Bíblia está certa em todos os contextos, inclusive o científico: A Bíblia, segundo essa teoria, não possui erro nenhum.

Porém, para crer na Bíblia você não precisa acreditar na sua inerrância, principalmente porque a Bíblia nunca foi feita para se tornar um livro científico. A Bíblia está aí para relatar eventos, confirmar a existência de Deus e mostrar a sua moral.  Desse modo, crer na Teoria da Evolução e crer na Bíblia ao mesmo tempo é perfeitamente possível, pois não são idéias conflitantes.

Os defensores da inerrância Bíblica que precisam defender-se contra o Evolucionismo para suportar o Criacionismo, e isso não me inclui. Portanto, não é necessário defender a Inerrância Bíblica. Eu mesmo não defendo!

3) Evolução vs Deus? Tempo Geológico vs Deus?

Por algum motivo as pessoas acreditam que a Teoria da Evolução e Deus são conflitantes. Isso é um erro tremendo.

Por acaso é impossível que Deus tenha feito a Terra em bilhões de anos? De modo algum. Ou então que Deus tenha guiado o processo evolutivo enquanto ele ocorria? Também não. Logicamente, Deus poderia ter feito tudo em 1 segundo, mas isso não significa que Deus deveria ou precisaria ter feito a vida na Terra em 1 segundo. Qualquer um que defenda a idéia de que Deus, para existir, teria que fazer necessariamente  a vida rapidamente precisa provar sua tese.

Objeção comum: “Porque Deus não criou a vida de uma vez, se Ele podia? Seria muito melhor, para Ele, que criasse a vida o mais rápido possível, não?”

Não, na verdade não faria absolutamente diferença nenhuma pra Ele se fizesse a vida na Terra em 1 segundo ou 3 trilhões de anos. Porque? Simplesmente porque Ele é atemporal, o “problema” da passagem temporal não se aplica para Ele. E, mesmo que se aplicasse, o indagador ainda teria que provar que seria melhor, para Deus, que a vida fosse feita mais rapidamente.

4) Aumento indevido

Finalizando… Mesmo que o Gênesis tivesse a intenção de ser um livro científico e estivesse errado, isso não refutaria o resto da Bíblia e nem a existência de Deus. Isso somente refutaria o próprio Gênesis. O resto da Bíblia não é dependente do Gênesis. O Novo Testamento pode ser certo mesmo que todo o Gênesis esteja errado, não há nada que impeça, já que o NT narra eventos completamente isolados dos eventos narrados no Gênesis.

Conclusão:

Esse argumento só é utilizável se ignorarmos uma série de erros, e basta apontá-los um a um para derrubar o argumento do neo-ateu ou de qualquer um que venha debater sobre isso. A refutação pode ser dessa forma:

  • REFUTADOR: A idéia de Evolução e Deus não são conflitantes porque eu não defendo o Criacionismo e nem a Inerrância Bíblica. Além disso, o Novo Testamento não depende do Gênesis para ser verdadeiro, para refutar a veracidade do NT você vai precisar mais do que uns ataques ao Gênesis, já que a Bíblia não foi feita para ser um livro de Ciências.

Dessa forma você já derruba a tese levantada pelo neo-ateu sem demora.

Written by catolicoresp

10/05/2011 at 18:44

Publicado em Técnica

Tagged with , , ,