catolicoresp

Apenas defendendo minha fé, e cético em relação aos ateus

Posts Tagged ‘lógico

Truque Lógico: Deus não é perfeito

with 7 comments

Ir para [Índice de Técnicas/Truques Lógicos] – [Página Inicial]

Esse é o pior truque lógico que já ouvi até agora. É uma tentativa de afirmar que Deus é imperfeito, seguindo a seguinte linha de raciocínio:

  1. O perfeito, se sofrer qualquer modificação, se torna imperfeito.
  2. Antes de Deus tinha vontade de criar o Universo.
  3. Deus criou o Universo.
  4. Então Deus perdeu a vontade de criar o Universo(2 e 3), e isso gerou uma modificação em Deus, que era perfeito.
  5. Portanto, Deus se tornou imperfeito(1 e 4)

Bom, se as premissas forem verdadeiras, a conclusão também é. Porém, seriam essas premissas verdadeiras? Avaliemos elas, uma a uma.

1. O perfeito, se sofrer qualquer modificação, se torna imperfeito.

Aqui temos uma idéia que se originou do nada, e assim ficou. Ele não fez questão nenhuma de provar essa afirmação dele, apenas jogou como verdade que qualquer modificação no perfeito gera o imperfeito. Dessa forma, precisamos pedir que ele demonstre essa premissa.

Porém, já temos um problema nela. Além de pedir que o neo-ateu explique tal premissa, podemos ir colocando algumas falhas nela. Por exemplo: Ao que diz respeito a perfeição? Às características de Deus. Do mesmo modo que, para nós, o que nos torna melhores ou piores são as nossas características.

As nossas vontades, ao se modificarem, não nos tornam melhores ou piores. Principalmente vontades do tipo “criar algo”. Se eu tenho vontade de criar um carro, quando eu conseguir criá-lo eu vou me tornar pior? Ou iria me tornar melhor? Se houvesse qualquer modificação nas minhas características após criar o carro eu poderia, de fato, me tornar uma pessoa melhor ou pior.

Contudo, a modificação do desejo de criar o carro não é o que modifica as minhas características. Deixar de ter vontade de fazer o carro não me aproxima ou afasta da perfeição. Do mesmo modo, se eu realizar uma vontade como comer pizza isso não afeta em nada o meu estado, por não modificar nenhuma característica minha e nem ser um ato imoral.

É óbvio que a realização de algumas vontades(exemplo: Roubar algo ou bater em alguém) nos afastam da perfeição. Mas não foi a modificação da minha vontade que me afastou da perfeição, foi a minha atitude imoral. Dessa forma, o neo-ateu jogou uma premissa completamente falha.

2. Antes Deus tinha vontade de criar o Universo. & 3. Deus criou o Universo.

Particularmente eu não vi nenhum problema nessas premissas. Obviamente, estou me referindo ao problema em relação ao Truque Lógico, pois não podemos partir do princípio que Deus criou o Universo simplesmente porque desejamos, também precisamos evidenciar tal afirmação. Porém, ao evidenciá-la eu fugiria do objetivo do post, coisa que não irei fazer.

4. Então Deus perdeu a vontade de criar o Universo(2 e 3), e isso gerou uma modificação em Deus, que era perfeito.

A conclusão que segue depois de “2 e 3” está correta, mas…

5. Portanto, Deus se tornou imperfeito(1 e 4).

Para que a conclusão seja correta, é necessário que ambas as premissas não apresentem falhas. A primeira premissa apresentou falhas, então a conclusão não está correta.

Conclusão:

Esse não é um truque lógico muito difícil de refutar, já que o erro está  isolado logo na primeira premissa e não é tão difícil percebê-lo. Espero que o post tenha ajudado. Mostrando a falha na primeira premissa toda a argumentação do neo-ateu cai por terra, e ele provavelmente vai ficar repetindo a mesma coisa seguidamente, dando exemplos como esse:
“Ah, mas se você modificar sua vontade de matar uma pessoa você se tornará uma pessoa moralmente pior!”

Contudo, nesse exemplo eu me tornaria uma pessoa moralmente pior porque matei a pessoa, e não porque modifiquei minha vontade. Eu posso deixar de ter vontade de matar a pessoa sem necessariamente matá-la. Isso me torna moralmente pior? Ou moralmente melhor? De forma alguma.

Anúncios

Written by catolicoresp

28/05/2011 at 13:15